Lutando contra a Balança? Mulher "Seca" Usando Formula Natural Alemã

Saúde Dra Danielle Vila

Malefícios do álcool para o organismo – cuidado!

Praticamente todo mundo conhece alguns dos malefícios do  álcool para o organismo. Mas você sabe o quão sério isso pode ser? Se quiser conhecer mais a fundo as consequências da alta ingestão de álcool, continue lendo este artigo.

Olá meninas e meninos, eu sou a Danielle, coach de emagrecimento e em parceria com a estudante de nutrição Carla Coelho, vou trazer aqui neste blog um assunto bem polêmico: os malefícios do consumo de álcool para o organismo. Veja!

MALEFÍCIOS DO ÁLCOOL PARA O ORGANISMO

Malefícios do consumo de álcool para o organismo

Os problemas relacionados ao consumo de bebidas alcoólicas têm sido reconhecidos, como uma questão de saúde pública em vários países. O álcool compromete vários órgãos e funções do metabolismo e, dependendo da intensidade do consumo, pode causar alterações gastrintestinais, cardiovasculares, neurológicas, sanguíneas, musculares, entre outras. O uso do álcool causa desde uma sensação de calor leve até mesmo ao coma e morte, dependendo da concentração que o álcool atinge no sangue.

Malefícios do álcool para o organismo logo após a digestão

Em um curto período após a ingestão de grande quantidade de álcool pode ocorrer a “ressaca”, que caracteriza-se por: dor de cabeça, náusea e vômitos. Isso pode ocorrer devido ao efeito do álcool ou outros componentes da bebida. Ou pode ser resultado de uma reação de adaptação do organismo aos efeitos do etanol, que age inicialmente nos processos de metabolização da glicose no corpo humano, induzindo a redução da glicemia.

O principal ingrediente das bebidas alcoólicas é a molécula de etanol. Assim que a pessoa ingere uma quantidade mínima, uma pequena parte dessas moléculas já começa a entrar na corrente sanguínea através mucosa da boca.  Logo após, a bebida chega ao esôfago e em seguida alcança o estômago. Mas a maior parte desse etanol só cai na corrente sanguínea quando a bebida chega ao intestino delgado.

São necessários de 15 a 60 minutos para todas as moléculas de etanol entrarem na circulação e se espalharem para os tecidos do corpo. Essas moléculas, no sangue, são transportadas para todos os tecidos que têm células com alta concentração de água – órgãos como cérebro, fígado, coração e rins.

Malefícios do álcool para o organismo – cérebro e demais órgãos

No cérebro, O excesso de álcool pode causar a perda de reflexo, problemas de atenção, perda de memória, sonolência e coma alcoólico, que em alguns casos pode resultar em parada cardíaca e morte.

No coração, bebida faz com que o cérebro libere o hormônio adrenalina, que acelera a atividade do sangue no sistema cardiovascular, aumentando a frequência dos batimentos cardíacos.

O álcool sobrecarrega os rins, comprometendo o trabalho do órgão que é filtras as substâncias do nosso corpo.

Os músculos ficam mais relaxados porque a ligação entre o sistema nervoso periférico – responsável por controlar nossos movimentos – e nosso sistema muscular fica comprometido.

Malefícios do álcool para o organismo durante a gravidez

Na gravidez, o consumo de álcool pode causar a síndrome fetal alcoólica, que é uma alteração genética que provoca deformação física e retardo mental no feto.

O consumo de bebidas alcoólicas em excesso pode aumentar o risco de doenças, tais como  aumento da pressão arterial sistólica, Aumento do colesterol, arritmia cardíaca, aterosclerose, cardiomipatia alcoólica, depressão, úlcera, gastrite, entre outras.

Efeitos do álcool etílico ao Sistema Digestório

O efeito do excessivo consumo de bebibas alcoólicas no sistema gastrointestinal, ao nível de esôfago causa lesões na parede do órgão, que podem induzir hemorragia e rasgadura na ligação com o estômago, sendo muitas vezes fatal. O álcool aumenta significativamente o risco de câncer de esôfago, pois promove alterações da motilidade no órgão.

No estômago, o alto consumo de bebidas alcoólicas provoca gastrite aguda (inflamação do estômago) , enjôo, vômitos, perda de peso, câncer, erosões superficiais da parede do estômago e  sangramentos de pequeno e grande porte. A sensação de queimação na altura do estômago, porção superior do abdome, é um indício da gastrite.

No fígado, causa enfraquecimento do órgão. Ocorrem quadros de esteatose hepática, que é relacionada ao acúmulo de gordura no fígado. Também pode ocorrer a hepatite alcoólica (inflamação do fígado por ação direta do álcool). Esses problemas do fígado podem evoluir para um quadro de cirrose hepática, caracterizada por náuseas, perda de peso, sensação de fraqueza, mudança nos hábitos intestinais, dor abdominal ou febre baixa. Com a evolução do quadro acima, pode-se ter uma insuficiência hepática caracterizada por manchas vasculares na pele, eritema palmar (vermelhidão intensa nas palmas das mãos), atrofia dos testículos, ginecomastia (aumento do tamanho das mamas), perda da distribuição dos pêlos masculinos, confusão mental e sangramento digestivo, entre outros sintomas.

No pâncreas, alcoólatras desenvolvem pancreatite crônica, que é a destruição do órgão pelos  próprios sucos digestivos. A pancreatite crônica caracteriza-se por dor abdominal severa (irradiada para o meio das costas e aliviada ao sentar e inclinar o corpo para frente), náuseas, vômitos e febre.

A alta dose de álcool, em geral, provoca anormalidade na parede do intestino, redução na capacidade de absorção intestinal de nutrientes e interferência no metabolismo celular de muitas vitaminas.

E aí, você conhecia todos esses malefícios do álcool para o organismo? Deixe seu comentário abaixo!

Sobre o autor | Website

Sou médica com pós-graduação em Nutrologia . Realiza atendimento clínico na área nutricional com ênfase em programas alimentares destinados à educação nutricional em todas as fases da vida e orientação nutricional para atletas, pessoas com doenças metabólicas e interessados em obter uma vida saudável.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.