Dietas Dra Danielle Vila

Dieta fácil: confira as dietas mais fáceis de seguir- Top 4

Antigamente as pessoas faziam regime e mais recentemente passaram a se submeter a dietas. O que parece somente uma simples colocação (?) de palavras na verdade sintetiza muito bem a mudança de paradigma.

O que faz de uma dieta fácil?

dieta fácil

O que faz de uma dieta fácil?

Quando criança ouvia muito frases do tipo “Fulano agora vai ter que fazer regime” ou “Nossa, Ciclano não teve escapatória e entrou no regime para valer”. Confesso que isso me passava uma ideia de tortura…

A medida que fui crescendo e o mundo foi se transformando, a mentalidade de “restrição de comida” começou a ser pensada, estudada e considerada, a partir de novos prismas.  Desta forma, a relação com a comida passou a ser melhorada e as dietas tornaram-se mais maleáveis e fáceis de serem seguidas.

Por mais que a cada dia surjam novas e novas dietas, algumas delas simplesmente vem para ficar, como é o caso daquelas que separei para este post, as quais são fáceis e bastante eficazes. Quando digo que uma dieta é fácil é porque simplesmente ela é flexível e te oferece uma nova e agradável rotina alimentar que modifica a sua vida para melhor. Quer saber quais são elas? Confira a seguir.

1 – Dieta Flexitariana

E por falar em flexibilidade não poderia começar esse post sem falar dessa dieta maravilhosa que busca amenizar o consumo de carne. O seu nome é um misto entre as palavras “flexibilidade” e “vegetariana”.

Basicamente, a dieta Flexitariana consiste em consumir uma quantidade menor de carne e consumir mais os seguintes alimentos: ervilha, feijão, tofu, nozes e sementes, lentilha, frutas e vegetais, ovos, grãos integrais, néctar de agave, alimentos ricos em proteína, açúcar, laticínios e temperos em forma de ervas secas.

Em outras palavras, é uma dieta ideal para quem deseja reduzir o consumo de carne, perder peso e aumentar a ingestão de verduras e legumes. É uma dieta nova e que tem tudo para fazer sucesso!

2 – Dieta DASH

Ao contrário da anterior, a dieta DASH não é tão nova assim. Ela foi criada há mais de 20 anos e sua sigla significa “Dietary Approaches to Stop Hypertension” (ou, em bom português, “Abordagens dietéticas para parar a hipertensão”), ou seja, ela surgiu como uma proposta para o tratamento da hipertensão (pressão alta).

A dieta DASH possui uma semelhança com a dieta Flexitariana: ela privilegia o consumo de vegetais. Assim você deve comer mais legumes, verduras, frutas, ervas e temperos naturais. Em contrapartida, deve-se reduzir o consumo de sódio e carne vermelha.

Além de combater um dos maiores vilões do problema da hipertensão (o sódio), a dieta DASH é excelente para o emagrecimento.

3 – Dieta MIND

A dieta MIND é outra famosa que ganha destaque aqui no blog. A sua sigla significa “Mediterranean DASH Intervention for Neurodegenerative Delay”, ou em português, “Intervenção da Dieta Mediterrânea-DASH para o retraso neurodegenerativo”.

Também conhecida como a dieta fácil e dieta do cérebro ela é excelente para o combate do mal de Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas. A sua proposta é reunir o melhor da dieta Mediterrânea – que falarei um pouco melhor no próximo tópico – privilegiando o consumo de vegetais, grãos integrais e peixes com o melhor da dieta DASH, ou seja, aumentar o consumo de vegetais, frutas e laticínios que tenham um teor baixo de gordura.

Trata-se de uma dieta bem leve, pois nela evita-se o consumo de alimentos que são bastante prejudiciais à saúde humana como, por exemplo: a carne vermelha, todas as frituras, queijos, margarina e manteiga, fast food, doces e bolos.

Em contrapartida alimentos como azeite e o vinho são incluídos. Mesmo que a dieta MIND seja direcionada para a saúde mental, ela acaba promovendo a perda de peso, uma vez que privilegia os alimentos saudáveis e exclui o consumo daqueles que prejudicam o organismo e acabam levando ao aumento de peso.

4 – Dieta Mediterrânea

A dieta Mediterrânea tornou-se popular entre aqueles que buscam por novas alternativas alimentares, que privilegiam o consumo de produtos leves, saborosos e nutritivos. Particularmente considero a Mediterrânea como a dieta mais incrível, pois ela promove maior equilíbrio no seu cardápio e lhe oferece maior sabor.

Inspirada na alimentação dos povos do Mediterrâneo (como, por exemplo, os gregos e italianos), a dieta prioriza os alimentos saudáveis como as frutas, os grãos, os grãos integrais, os vegetais, as nozes, o azeite de oliva, os vegetais, o feijão, as ervas e temperos, os peixes e frutos do mar, queijo, ovos, iogurte (de forma moderada), frango e vinho tinto (com certa moderação).

É uma dieta fácil, saborosas e recompensadoras que já foram criadas. Eu a considero como uma verdadeira reeducadora alimentar, pois valoriza os alimentos essenciais à saúde do nosso organismo.

Bom, agora que sabe o que é uma dieta fácil me diga: o que você achou dessas dietas? Já as conhecia? Caso tenha gostado de alguma delas e pretende segui-las, não deixe de compartilhar conosco os seus resultados, ok?

Sobre o autor | Website

Sou médica com pós-graduação em Nutrologia . Realiza atendimento clínico na área nutricional com ênfase em programas alimentares destinados à educação nutricional em todas as fases da vida e orientação nutricional para atletas, pessoas com doenças metabólicas e interessados em obter uma vida saudável.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.