Dietas Dra Danielle Vila

Dieta da Fruta: tudo que você precisa saber

Conheça a dieta da fruta e todos os seus benefícios agora.

Por mais saborosas que sejam ou contenham nutrientes eficientes para a saúde dos seres humanos, é comum encontrar pessoas que não possuem o hábito de consumir frutas no seu dia a dia, o que basicamente poderia ser encarado como algo “prejudicial” e por conta de deixarem de consumir nutrientes importantes.

dieta da fruta

Essas pessoas teriam grandes problemas principalmente se cogitarem a ideia de começar a dieta da fruta na intenção de eliminar os quilinhos que incomodam, justamente por se tratar de um método composto por refeições cem por cento baseadas em frutas. Ou seja. Elas tendem a ser “obrigadas” a ingerir diferentes frutas do momento que acordam, até a hora de dormir, para que percam peso.

Deseja saber como que funciona essa dieta da fruta? Confira detalhes no texto.

Assim como qualquer outra dieta, a dieta da fruta também possui versões que são consideradas pelos médicos prejudiciais a saúde e outras que agregam mais nutrientes ao corpo, facilitando principalmente o alcance do corpo sarado ou da qualidade de vida que muitos almejam – que está relacionada, e muito, a saúde.

No caso, nessa dieta a ideia é manter as suas refeições baseadas cem por cento em frutas e por isso será fundamental terem uma quantidade elevada de fibras, algo que algumas pessoas tendem a considerar impossível de ser realizado, por isso a necessidade de ter foco e muita dedicação para seguir todas suas regras.

Como que funciona a Dieta da Fruta?

Antes de entender como que funciona a dieta da fruta em relação as refeições, é necessário saber que esse método não pode ser seguido por mais de 10 dias – caso tenha o interesse de manter a sua dieta por mais tempo, é recomendado o intervalo de alguns dias, voltando a se alimentar de forma comum, para depois voltar a fazer mais 10 dias de dieta, e isso até que alcance o peso que você quer.

A dieta original conta com apenas três refeições, mas algumas pessoas fizeram mudanças na intenção de não prejudicar o organismo, incluindo lanches entre a refeição principal e outra. Neste sentido, considere realizar as suas refeições de três em três horas – podendo consumir a fruta em espécie ou então como suco.

No caso, existem pessoas que ingerem duas de frutas no café da manhã e jantar – sendo frutas aleatórias. Já para os lanches priorizam sucos naturais de frutas e sem a adição de açúcar ou adoçante. No almoço a ingestão de frutas continua, porém o ideal é consumir apenas uma porção de fruta e outra de proteína, para que assim o corpo possa produzir energia necessária para queimar as gorduras.

Entre as proteínas que podem ser ingeridas no almoço pode-se encontrar desde filé de peixe, até mesmo filé de frango, bife grelhado, ovo cozinho ou atum. Não deverá ser consumida as outras opções de proteínas a não a de origem animal.

Essa dieta da fruta tende a ser um pouco rigorosa, por isso pergunte para o seu médico se pode realizá-la pelo período de dez dias sem que prejudique a saúde.

Sobre o autor | Website

Sou médica com pós-graduação em Nutrologia . Realiza atendimento clínico na área nutricional com ênfase em programas alimentares destinados à educação nutricional em todas as fases da vida e orientação nutricional para atletas, pessoas com doenças metabólicas e interessados em obter uma vida saudável.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.